A Academia da Língua Asturiana apresenta em Oviedo um estudo sobre a situaçom do mirandês

Desde 1999, ano em que os direitos do mirandês foram reconhecidos através do decreto-lei 7/99, de 29 de Janeiro, a língua mirandesa tem sido divulgada de uma forma mais ou menos constante

Sexta, 19 Fevereiro 2010 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Imagem de Miranda do Douro

PGL – A Academia da Língua Asturiana apresentou o livro El Mirandés: situación sociolingüística de una lengua minoritaria en la zona portugueso-española (O Mirandês: situaçom sócio-lingüística de umha língua menoritária na zona portugueso-espanhola), da autoria de Aurelia Merlan.

No acto de apresentaçom que tivo lugar ontem no Clube de Imprensa Asturiana, participárom Ana María Cano, presidenta do ALLA; Xosé Lluis García Arias, membro numerário da academia asturiana; António Bárbolo (Miranda do Douro) e Aurelia Merlan, autora do trabalho.

 

+ Ligaçons relacionadas: