Espanholistas manifestam-se polas ruas de Barcelona

Contra o catalám nas escolas

Quarta, 01 Outubro 2008 11:14

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Cabeçalho da manifestaçom em Barcelona (Países Cataláns)

PGL - Umhas 4.000 pessoas, segundo dados da Guàrdia Urbana de Barcelona e os Mossos d’Esquadra, mas 8.000 segundo a organizaçom, participárom neste passado domingo, dia 28 de Setembro, numha concentraçom contra o catalám no ensino.

O acto foi convocado polo anticatalanista Ciutadans-Ciudadanos (C's), contando com o apoio dos espanholistas PP e Unión, Progreso y Democracia (UPyD).

O número, pode ser considerado um fracasso, mesmo que fossem os 8.000 apontados pola organizaçom, pois as três formaçons apoiantes fretárom autocarros para deslocar os seus militantes de várias localidade do Estado espanhol. O cartaz com que abrírom a concentraçom, em catalám e castelhano, dizia «Nom à imposiçom linguística nas nossas escolas».

Entre as pessoalidades apoiantes do evento, destaca a do actor Toni Cantó, com Arcadi Espada a ler o manifesto na contra da língua catalá. Segundo Racó Català, na marcha também participárom associaçons espanholistas chegadas do País Basco e da Galiza, e outras organizaçons minoritárias declaradamente anticatalanistas.

 

+ Notícia relacionada: