Estado espanhol, nos últimos postos da UE em ensino de línguas estrangeiras

Roménia, Hungria e Portugal som os únicos estados com pior avaliaçom nesta estatística

Sexta, 01 Outubro 2010 07:38

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - Um inquérito afirma que 46 % dos espanhóis de entre 25 e 64 anos nom conhecem qualquer idioma estrangeiro. O dado para o estado espanhol é oito pontos pior à média europeia (38%), e supera apenas Portugal, Roménia e Hungria.

O caso de estados como Portugal, Espanha, Roménia e Hungria é o contrário doutros coma Lituânia, Letónia e Suécia. Por exemplo, a Lituânia só regista 2,5% de populaçom que nom conhece línguas estrangeiras.

Quanto a nível, em 23,2% dos casos a destreza declarada no uso dum idioma estrangeiro é "básico" (a média europeia é de 30%), em 14,2% "bom" (16% na Europa) e em 15,6% é "avançado" (o dado médio europeu é 13%). Os Estados onde maior proporçom de adultos tenhem um nível alto em língua foránea som Letónia (55%), Eslovénia (45%) e Eslováquia (44%).

Ensino escolar

Nem só inglês é o idioma prioritário no ensino de línguas estrangeiras na Espanha. Mas sim é o estado espanhol um dos que maior percentagem regista neste sentido. 98% do alunado tem-no como primeira língua estrangeira, umha proporçom que só superam Suécia e Luxemburgo com 100% e Itália com 99%. A média continental situa-se em 79%.

No que di respeito do ensino dumha segunda língua estrangeira, a Espanha está por baixo da média, tanto no ensino primário como secundário.


+ Ligaçons relacionadas: