Pouco mais de 30% de falantes de catalão no País Valenciano

Na última década o uso da língua de Ausiàs March desceu quase 20 pontos

Quarta, 06 Outubro 2010 08:16

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Manifestantes de Acció Cultural

PGL - Conforme dados apontados pelo Diário Nacional da Catalunha Som Notícia, o uso do catalão no País Valenciano diminuiu de maneira alarmante desde meados da década de noventa do século passado.

Nas zonas consideradas de «fala valenciana», em 1995 os 50% dos habitantes tinham como língua o catalão, mas em 2008 esta percentagem desceu para 32,3%, isto é, 17,7 pontos menos.

A situação é extraordinariamente alarmante na região de Alacant e em Valência e na sua área metropolitana. Na região de Alacant, o uso do catalão no lar situa-se nos 12,2%, enquanto o do  castelhano é dos 78%.

Muito maus, mas não tão negativos, são os dados da cidade de Valência e da sua área metropolitana. Nesta zona os lares falantes de castelhano representam 71,6%, enquanto os falantes de catalão superam por pouco os vinte pontos: 20,1%.

Nas zonas não urbanas a língua catalã resiste melhor a colonização. Na região de Alcoi-Gandia o uso do catalão situava-se em 2008 nos 67,7%; na região de Valência, nos 66,4%, e na de Castelló nos 49,1%.

 

+ Ligações relacionadas: