Futebolista espanhol menospreza língua catalã

O diário Sport qualifica Ramos de «intolerante» e «irrespeitoso»

Sexta, 08 Outubro 2010 07:24

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Sergio Ramos, durante a conferência de imprensa

PGL Países Catalães - O defensor Sergio Ramos, protagonizou um episódio de desprezo à língua catalã durante uma conferência de imprensa da seleção espanhola de futebol, na qual estava acompanhado polo também defensor Gerard Piqué, natural da Catalunha.

Durante a comparecência ante os meios, um jornalista da TV3, a televisão autonómica catalã, colocou uma pergunta nesta língua a Piqué, e solicitou que a resposta lhe fosse dada em catalão. Piqué aceitou o pedido e, após responder, perguntou se ele próprio traduzia a resposta para o castelhano.

Foi nesse momento que, sem ninguém se ter dirigido a ele, Ramos exclamou: «em andaluz, diz-lho em andaluz, que está muito bem», ao tempo que apontou que ao jornalista, segundo a sua opinião, «lhe custa perceber o castelhano».

Em quanto meios espanholistas como o desportivo Marca qualificam este ato de desprezo como «anedota», outros como o Sport, editado na Catalunha mas em castelhano, julgam Ramos de «intolerante» e «irrespeitoso» com as línguas que se falam no Estado espanhol.

Também causou indignação a comparação que realizou o defensor, atualmente nas filas do Real Madrid, entre o andaluz, um conjunto de dialetos do espanhol que se falam na Andaluzia, e o catalão, uma língua reconhecida como tal e com perto de seis milhões de falantes ativos.

 

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.