O friulano dota-se dum dicionário "monumental" com 63.500 entradas

Os responsáveis políticos do Friul qualificam a publicaçom da obra de “acontecimento histórico” para “o orgulho dum povo”. Os promotores dim que o dicionário pode contribuir para travar a invasom de termos alheios, sobretodo italianos, no idioma

Segunda, 12 Março 2012 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Nationalia.cat - Nos primeiros meses de 2012 está a difundir-se o Grande Dicionário Bilingüe Italiano-Friulano, um marco histórico para a língua friulana. Com seis volumes, e um total de 7.028 páginas, a obra tem 62.000 entradas em italiano e 63.500 entradas em friulano.

O presidente do Friul, Renzo Tondi, qualificou-no – retomando umas palavras de Adrian Ceschia, principal promotor da iniciativa e membro do Observatório da Língua Friulana –, "de obra monumental" que marca "uma etapa fundamental na política lingüística do Friul".

A apresentaçom do dicionário, que também pode consultar-se em linha, foi definida polos seus autores como um "acontecimento histórico". O conselheiro friulano da Cultura, Elio de Anna, dixo que o dicionário confirma a importáncia e a atençom que institucionalmente "estamos a dar ao friulano", sem esquecer "as outras línguas faladas na regiom". "Queremos conservar a nossa identidade lingüística", dixo De Anna, uma afirmaçom sublinhada pola citaçom dum escrito do famoso cineasta Pierpaolo Passolini, por parte do conselheiro da Agricultura, Claudio Violino: "Hoje escolhemos ser friulanos". O dicionário nom é tam-só um instrumento científico, dixo Violino, mas também uma expressom do "orgulho dum povo que, no passado, nom tinha a possibilidade de levar fora dos fogolars [lares] a própria língua".

De facto, a obra deste dicionário reflete o investimento mais importante que o governo autónomo tem feito ultimamente no campo da política lingüística. Graças a este dicionário, afirmam os seus promotores, os falantes de friulano dotam-se duma ferramenta de primeira importáncia para a promoçom da língua. Tem de servir, em especial, para os professores, alunos, jornalistas, escritores e todos os que quigerem escrever com correçom em língua friulana. O uso do dicionário também deveria travar a invasom de termos alheios (sobretodo, italianos) na língua friulana.