Homenagem tributada ao éuscaro na Real Academia Espanhola em Madrid

Esta homenagem teve lugar no contexto das jornadas “O Euskaro umha lingua de futuro” organizadas por Euskaltzaindia, Instituto Vasco Etxepare, e Real Sociedade Bascongada de Amigos do País

Terça, 20 Março 2012 13:06

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - Ao longo da passada semana o éuscaro ocupou um lugar de destaque em Madrid. De todas as jornadas, quarta-feira, foi umha das mais significativas com a recepçom ao éuscaro que decorreu na sede da Real Academia Espanhola. Andrés Urrutia, presidente da Euskaltzindia, e Aizpea Goenaga, diretora do Instituto Basco Etxepare forom os participantes da delegaçom basca.

Na sua intervençom Aizpea Goenaga certificou a sobrevivência do éuscaro pola capacidade da sociedade basca de se adaptar aos novos tempos, além de solicitar espaços na rádio e televisom públicas espanholas.

Andrés Urrutia, pola sua parte, sublinhou a importáncia de dispor deste entorno para realizarem umha homenagem ao Académico basco Enrique Knörr, como firme defensor da cooperaçom entre linguas e culturas.

Também nesta quarta tivo lugar umha mesa redonda, em que quatro escritoras bascas, Mariasun Landa, Arantxa Urretabizkaia, Eider Rodríguez, Miren Agur Meabe, reflexionárom sobre a criaçom em Euscádi. Um dos atos mais destacados foi o recital poético-musical “Katuak eta paradisua (Os gatos e o paraíso)” que oferecerom o escritor Bernardo Atxaga e o músico Ruper Ordorika.

Todos estes atos contarom com representaçom insititucional basca e espanhola, finalizando no dia 16 de março com a apresentaçom do espetáculo “AT!”. Umha adaptaçom de dita obra para esta ocasiom, sobre criaçom, éuscaro e cultura basca, em que participárom, as e os artistas bascos mais destacados do momento.