México admite que 20% dos dialetos das línguas faladas polos povos indígenas tenhem um "alto risco" de desaparecer

As variantes lingüísticas tenhem menos de 100 falantes e nom se transmitem de pais para filhos

Segunda, 23 Julho 2012 10:05

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Nationalia - O director do Instituto Nacional das Línguas Indígenas do México, Javier López Sánchez, admitiu que 64 dos 364 dialetos dos idiomas autóctones do país americano estám em "alto risco" de desaparecer, segundo explica o jornal Informador.

Cada um destes dialetos, di López Sánchez, tem menos de 100 falantes, que em muitos casos vivem dispersos em diversas comunidades e onde os pais nom estám a transmitir a língua aos filhos.

Umha das regions em que o processo é mais grave é a Baixa Califórnia, onde muitas línguas já desaparecêrom e outras estám em processo, com casos como o do kiliwa, com umha cinqüentena de falantes no início do século XXI.

Segundo López Sánchez, no México há sete milhons de falantes de línguas autóctones. Um milhom destas pessoas som monolingües no idioma indígena.