Ligeiro aumento do conhecimento do irlandês na Irlanda do Norte

Quinta, 13 Dezembro 2012 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Nationalia - Na Irlanda do Norte os resultados do censo de 2011 dados a conhecer anteontem mostram que os 10,6% dos norte-irlandeses declaram ter "alguma competência em irlandês", coisa que inclui quem são capazes de o falar mas também os que apenas o entendem. Há dez anos, a percentagem era dos 10,4%. No mínimo os 5,6% das pessoas recenseadas dizem agora que são capazes de falar irlandês.

Graças a que o censo também incluiu uma pergunta sobre o scots de Ulster, agora fica claro que o irlandês tem bastantes mais falantes que esta outra língua trazida à Irlanda do Norte pelos colonos escoceses. Os 8,1% das pessoas disseram ter "alguma competência" em scots, mas só os 2% disseram poder falar o idioma.

Em qualquer caso, nenhuma destas duas línguas tem um uso diário forte. Só os 0,24% das pessoas recenseadas dizem que o irlandês é a sua língua principal. A percentagem para o scots não está incluído nas informações apresentadas, mas tem de estar abaixo dos 0,06%. De fato, o irlandês só é a quarta língua principal da Irlanda do Norte, com o inglês na primeira posição (96,7%), o polaco na segunda (1%) e o lituano na terceira (0,36%).