Nacionalistas galegos, catalães e bascos volverám reivindicar o uso das suas línguas no Congresso espanhol

Segunda, 15 Abril 2013 07:50

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - O nacionalismo galego, basco e catalám com representaçom no Congresso espanhol dos Deputados volverá defender o uso das respetivas línguas na Câmara, calhando com o debate da reforma do regulamento da instituiçom, que inicia esta semana.

O presidente do Congresso, Jesús Posada, convocou para a terça-feira umha reuniom da Comissom do Regulamento, que ele próprio chefia, para fixar um calendário de trabalho.

Atualmente o BNG, incluído no Grupo Misto, é o único representante do nacionalismo galego na Câmara espanhola. O nacionalismo catalám está representado por CiU e ERC (esta última, no Misto), enquanto o basco conta com EAJ-PNV, Amaiur e Geroa Bai (as duas últimas formações, também no Misto).

Há poucos dias, um representante da ERC, Joan Tardà, foi expulso de umha sessom do Congresso por recusar-se a falar em castelhano. Nas suas próprias palavras, «um único deputado a falar em catalám pode obrigar o resto da Câmara». Desta maneira, além de reivindicar o uso do catalám, protestava contra umha sentença judicial na Catalunha que obriga a ministrar aulas em castelhano mesmo que só seja solicitado por um único aluno.