O Congresso da Associaçom de Estudos Ocitanos terá lugar pola primeira vez num lugar onde a língua é oficial

A cidade de Lleida acolherá no próximo mês de junho a décimo primeira ediçom das sessons do centro de estudos ocitanistas · A AEIO sublinha que em 2014 irá encetar-se "umha nova etapa para a Catalunha e para o ocitano"

Segunda, 21 Outubro 2013 09:42

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Nationalia - Sob o título geral de "A Ocitánia na Catalunha. Os estudos ocitanos: novos tempos, novas perspetivas", a Associaçom Internacional de Estudos Ocitanos (AEIO) realizará o seu próximo Congresso (o décimo primeiro da sua história) na Universidade de Lleida entre os dias 16 e 21 de junho de 2014.

A AIEO salientou que a escolha de Lleida como sede do acontecimento é histórica porque, "pola primeira vez", o Congresso será feito num lugar onde o ocitano é língua oficial. O ocitano é língua oficial na Catalunha desde a aprovaçom do Estatuto de Autonomia de 2006. Até entom, e desde 1990, já o era no Vale de Aran.

O Congresso decorrerá em Lleida visto que, atualmente, é o único lugar onde o ocitano tem um nível universitário no Estado espanhol. Este facto irá tornar esta cidade catalá "no ponto de encontro dos ocitanistas, num momento estratégico" em que se comemora "um quarto de século da oficializaçom da língua ocitana no Vale de Aran, oitocentos anos da batalha de Muret (que pujo termo ao sonho de construir umha unidade política ocitano-catalá), cincocentos anos do tratado do Plan d'Arrem e setecentos anos da assinatura da Querimónia, que vinculou definitivamente um território ocitano - o Vale de Aran - à Corona de Aragom", lê-se no bloque informativo implementado pola AEIO.

Aliás, o Congresso irá decorrer "num contexto em que a Catalunha volta a olhar para a Europa e em que as identidades voltam a definir-se, a vizinhança é estratégica e se transforma numa qüestom de plena atualidade".

Depois de descrever as vantagens e coincidências de realizar o Congresso em Lleida, os organizadores concluem que "é evidente que no ano 2014 se enceta no nosso país umha nova etapa para a Catalunha e para o ocitano e, portanto, para a pesquisa sobre a língua e a literatura ocitanas. É o momento de fazermos o balanço no ámbito da filologia, de saber o que temos e de analisar devidamente várias qüestons, mas também de concebermos novas perspetivas que nos permitam ir mais longe no futuro".

Cultura, políticas lingüísticas e passado e presente da língua

O AEIO deu também a conhecer quais serám os temas que tratará o Congresso. Som conteúdos que versarám sobre o ocitano moderno e antigo, literatura ocitana medieval, moderna e contemporánea, políticas lingüísticas do ocitano, "na Catalunha ocitana e na Ocitánia catalá" e a cultura ocitana. Além do mais, o Congresso aceitará comunicaçons sobre dialetologia, toponímia, fonética e fonologia, sintaxe, lexicologia e temas afins, bem como sobre qüestons sociolingüísticas: planificaçom lingüística, projetos de normalizaçom para restituir o espaço social da língua d'oc, a codificaçom do ocitano e a sua padronizaçom, o ensino da língua, dentro e fora do quadro universitário.

 

Ocitánia/Occitania

Dados gerais
Populaçom: 15.500.000 h. (2006)
Superfície: 190.000 km2
Instituiçons: Regions de Aquitánia, Meio-dia-Pirineus, Línguadoc-Rosselhóm, Llemosí, Alvérnia e Provença, e Conselho Geral de Aran
Cidades importantes: Marselha, Tolosa de Línguadoc, Montpeller, Pau, Niça e Llemotges
Administraçom estatal: França, Itália, Espanha e Mónaco
Língua territorial: Ocitano
Língua oficial: francês, italiano, catalám, castelám e ocitano
Cultura religiosa: cristá, sobretodo católica mas com certa presença protestante

 

Países Cataláns/Països Catalans

Dados gerais
Populaçom: 13.600.000 h. aproximadamente
Superfície: 65.000 km² aproximadamente
Instituiçons: Generalitat da Catalunha, Generalitat Valenciana, Governo das Ilhas Baleares e Governo de Andorra
Cidades importantes: Barcelona, Valência, Palma, Perpinhám
Administraçom estatal: Reino de Espanha (Catalunha, País Valenciano, Ilhas Baleares e Franja), República Francesa (Catalunha do Norte) e Principado de Andorra
Línguas territoriais: catalám, ocitano (Vall d'Aran, Fenolleda), espanhol (comarcas ocidentais do País Valenciano)
Línguas oficiais: catalám (Catalunha, País Valenciano, Ilhas Baleares, Andorra), espanhol (Catalunha, País Valenciano, Ilhas Baleares, Franja), francês (Catalunha do Norte) e ocitano (Catalunha)
Cultura religiosa: cristá católica