O conhecimento do maori desce na Nova Zelanda apesar de o grupo étnico continuar a crescer

Quase 15% dos neozelandeses declaram-se etnicamente maoris · O idioma só é falado por 3,7% da populaçom, e é minoritário até no grupo étnico maori · Os rendimentos dos maoris som claramente inferiores aos da média estatal

Segunda, 09 Dezembro 2013 00:34

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Rótulo dumha escola imersiva em maori / Fotografia de Tom Law

Nationalia - O conhecimento da língua maori continua a diminuir na Nova Zelanda, apesar de que o número de neozelandeses que pertencem ao grupo étnico maori está a crescer. Isso quer dizer que a percentagem de maoris que falam a língua pré-colonial do país está a devalar, o que ameaça a posiçom do idioma como o segundo mais falado na Nova Zelanda. Som conclusons dos últimos dados do censo neozelandês, difundidos na semana passada.

O grupo étnico maori chega agora quase às 600.000 pessoas, o que o situa em 14,9% da populaçom total da Nova Zelanda. É um incremento de três décimas relativamente à proporçom que representava no censo de 2006. O primeiro grupo étnico na Nova Zelanda continua ser o europeu, com 74% da populaçom. A seguir aos maoris situam-se os asiáticos, com 11,8% da populaçom, enquanto os povos do Pacífico (os maoris nom estám incluídos) somam 7,4%.

Mas o aumento do grupo étnico nom vai acompanhado dum crescimento no conhecimento da língua. Agora há 148.000 neozelandeses (3,7%) que falam o idioma, dos quais 125.000 som maoris. No ano 2006, a língua era falada per 157.000 neozelandeses (4,1%), dos quais 131.000 eram maoris.

Se as tendências atuais se mantiverem, depois de 2020 os asiáticos suplantarám os maoris como o segundo grupo étnico da Nova Zelanda. E, em simultáneo, o maori também deixará de ser a segunda língua mais falada do país. O samoano, que agora ocupa o terceiro lugar, vai crescendo devagar e agora tem 86.000 falantes. Mas é o idioma que ocupa a quarta posiçom – o hindi – o que cresce mais rapidamente. Agora tem 66.000 falantes, justo o triplo que há 12 anos. É desnecessário dizer que a primeira posiçom é ocupada polo inglês.

Os maoris ganham menos dinheiro que a média estatal

O censo também revela que os maoris ganham menos dinheiro que a média dos neozelandeses e que, além disso, as diferenças estám a alargar-se. Contando só as pessoas de 15 anos de idade ou mais, os maoris tenhem uns rendimentos anuais de 22.500 dólares neozelandeses. A média estatal é de 28.500. Ou seja, umha diferença de 6.000 dólares. Sete anos atrás, a diferença era de 3.500.