Concentraçom de solidariedade com activistas pró-galego acusados de desordens públicos

«Defender a língua nom é delito»

Quarta, 27 Janeiro 2010 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Nós-UP – Em meio da ofensiva espanholista contra a nossa língua, nesta próxima quinta-feira decorrerá em Ferrol um novo julgamento, desta vez sob acusaçom de desordens públicas, contra activistas pró-galego.

Os factos remontam ao passado 29 de Novembro, quando um grupo de ferrolanos mostrava o seu repúdio a um acto convocado polo grupo ultra Mesa por la libertad lingüística dedicado a atacar o nosso idioma e a sua presença em todos os ámbitos da vida pública da Galiza.

Os gritos de «fora renegados», «na Galiza em Galego» e «em Ferrol queremos mais galego» interrompêrom a intervençom dos provocadores pró-espanhol, que gritárom vivas a Espanha e increpando, chamando «imbecis» e com o “insulto” de «portugueses», as pessoas que lhes mostravam cartazes de repúdio na sua “visita” a Ferrol.

De NÓS-Unidade Popular chamamos a participar na concentraçom de solidariedade com os companheiros que terá lugar no próximo 28 de Janeiro às 11h. nos Julgados de Ferrol.