O Facho convoca nova ediçom do seu Concurso de Teatro Infantil

O prazo de admissom de originais finaliza no dia 31 de março de 2011 às doze da noite. A resoluçom do prémio fará-se pública no mês de maio

Sexta, 21 Janeiro 2011 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

AC O FachoAssumindo como próprias as palavras de Juan Ramón Jiménez quando afirmava que «Teatro infantil é aquele que do que também gostam as crianças», a Junta Directiva da Agrupaçom Cultural 'O Facho' acordou convocar mais um ano o Concurso de Teatro Infantil.

Nesta nova etapa, o concurso regerá-se polas seguintes bases:

1º) Poderám optar ao referido prémio todas as pessoas que pressentem obras inéditas –em qualquer tipo de suporte- nom representadas, nem premiadas noutros certames e que esteiam escritas em língua galega.

2º) Estabelece-se como prémio único, a ediçom da obra ganhadora, da que o autor ou autora receberá 500 € e, no mínimo, 40% da ediçom.

3º) A obra, que nom poderá exceder os 80 fólios, será presentada por quintuplicado, em formato DIN A4, em espaço duplo e mecanografados por umha só face da folha.

4º)  Os originais para o Concurso enviaram-se por correio à sé da Associaçom Cultural O FACHO, Rua Frederico Tápia n.º 12-1º, Corunha (15005), ou a Caixa dos Correios n.º 46, Posto Principal da Corunha. Apresentaram-se sob um lema, que figurará na portada dos textos enviados, e virám acompanhados de um envelope fechado que contenha no exterior o lema da obra e, no interior, o nome, apelidos e telefone do autor ou autora.

5º)  O prazo de admissom de originais finaliza no dia 31 de março de 2011 às doze da noite. A resoluçom do prémio fará-se pública no mês de maio.

6º)  Os ganhadores serám eleitos por um júri nomeado pola Associaçom Cultural O Facho. O mesmo está composto por pessoas de reconhecido prestigio no âmbito teatral galego:  Xosé Manuel Rabón, diretor teatral, Susana Longueira, atriz e Francisco Pillado Maior, diretor de Edicións Laiovento .

7º)  O júri poderá declarar deserto um ou vários dos prémios do concurso e será o que deverá resolver aquelas situaçons que se apresentarem e que nom estiverem contempladas nestas bases, assim como as dúvidas que podam existir na sua interpretaçom.

8º) A participaçom neste Certame implica assumir as bases do mesmo.

9º) Os originais nom premiados poderám ser retirados, no prazo de 30 dias, no local d'O Facho, prévio correio dirigido ao endereço postal da Agrupaçom.

No caso de o autor o autora nom residir na Corunha poderá solicitar que lhe sejam enviados por correio postal.

10º) Esta convocatória entrará em vigor ao dia seguinte da sua publicaçom nos médios.

 

+ Ligaçons relacionadas: