Cilenis melhora as ferramentas para o galego na rede com um novo conjugador verbal automático

Cilenis desenvolveu também uma versão em português, o conjugador automático mais completo nessa língua ao oferecer resultados nas suas quatro variantes

Quarta, 09 Novembro 2011 09:29

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Captura de ecrã do conjugador na variante portuguesa

Cilenis - Qual é a terceira pessoa do plural do pretérito mais-que-perfeito do verbo haver? Como se conjuga o futuro de um verbo que ainda não recolhem os dicionários, como tuitar? A resposta já está na rede.

Cilenis vem de atirar a mais completa ferramenta online para conjugar verbos de maneira automática: o CilenisConxugador. É um dos primeiros produtos desta novíssima empresa galega, centrada em oferecer soluções inovadoras nos âmbitos do processamento da linguagem natural e a engenharia linguística.

O CilenisConxugador é a aplicação mais completa, fiável e versátil existente para conjugar de maneira automática qualquer verbo em língua galega. Permite conjugar os verbos que fazem parte do Vocabulario Ortográfico da Língua Galega (VOLG) e também qualquer outro verbo que se nos ocorra: neologismos, tecnicismos, localismos, verbos de uma gíria ou inclusive inventados. O conjugador está disponível de maneira gratuita em www.cilenis.com.

Este conjugador está baseado no sistema de código aberto conshuga, desenvolvido na Universidade de Santiago de Compostela pelo grupo de grupo de investigação PROLNAT@GE (Grupo para o Processamento da Linguagem Natural), de que procede a equipa de trabalho de Cilenis. O resultado é uma ferramenta com importantes aplicações no âmbito da educação, a comunicação e a empresa.

Também em português

Conjuntamente com a versão galega, Cilenis desenvolveu um conjugador verbal em português, disponível desde já para os mais de 240 milhões de falantes desta língua no mundo. A empresa galega situa-se assim em primeira linha na criação de ferramentas linguísticas on line no âmbito lusófono com uma ferramenta que melhora as existentes até agora.

O CilenisConjugador permite consultar verbos nas quatro variantes do português: português europeu e português brasileiro, em cada caso antes e depois do acordo ortográfico. Também neste caso é possível optar por conjugar infinitivos presentes nos léxicos portugueses e brasileiros ou fazer com qualquer verbo, inclusive inventado.

Abrindo caminho no campo da engenharia linguística

O conxugador é um dos primeiros produtos que atira Cilenis, nascida em maio deste ano. Trata-se de uma empresa spin-off criada por membros do grupo de investigação PROLNAT@GE da USC. Cilenis oferece produtos e soluções avançadas nos campos do processamento da linguagem natural e a engenharia linguística.

Cilenis trabalha no desenvolvimento tecnológico aplicado aos recursos linguísticos, para desenvolver ferramentas em galego, português, castelhano, inglês e francês. É um âmbito de mercado que ainda não fora explorado na Galiza e com importantes perspectivas de futuro. Por isso foi premiado em junho deste ano com o primeiro prêmio XI Concurso de Projectos Empresariais Inovadores da Universidade de Santiago.

Cilenis oferece soluções conceptuais de alto nível, baseadas em estratégias criativas e inovadoras e empregando software de código aberto nas suas ferramentas. A empresa trabalha agora mesmo em novas aplicações, como o buscador CilenisSearch, a partir do qual desenvolve buscadores personalizados segundo as necessidades dos clientes, para conseguir uma alta qualidade dos resultados.

Outro serviço de Cilenis é a instalação, personalização e manutenção do sistema de tradução automática Opentrad, graças a um protocolo de colaboração com imaxin|software. Cilenis também constrói recursos linguísticos de alta qualidade: elaboração de corpus linguísticos por encomenda; criação de terminoloxías bilingues para qualquer domínio do conhecimento; construção de léxicos computacionais etc.