Prémio Meendinho 2013 para o Concelho de Montalegre

Junta-se à AGLP, AGAL, SOQNF e MIL, galardoados nos anos anteriores

Quinta, 27 Junho 2013 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Fundaçom Meendinho - O padroado da Fundaçom Meendinho, em reunião ordinária para tal fim, decidiu que a o Concelho de Montalegre – na personificação da sua Câmara municipal, fosse a entidade galardoado neste ano de 2013 com o prémio que outorga anualmente a Fundação, o Prémio Meendinho.

O Concelho de Montalegre leva o nome da capital de Barroso, formoso e personalíssimo território de Portugal que se corresponde aos concelhos de Montalegre e Boticas e do que formam parte também as freguesias e lugares que constituíam o Couto Misto -das que ilegitimamente se apropriou Espanha- (Meaus, Santiago de Rubiães e Rubiães, quem no âmbito da justiça, de Montalegre dependiam), e as freguesias de Vilamaior da Boulhosa, Santiago de Abades, Tosende, (Concelho de Baltar) Randim, Paradela (Concelho de Calvos de Randim), Guntumil e Requiães (Concelho de Mugueimes/Moinhos).

Todo este conjunto forma o grande universo de apaixonados pela nobre luta dos bois na Chega de Bois, proibida no Barroso espanhol, (e na sua vizinhança) por maltrato animal, e isso para mais agravante, por essas mesmas autoridades que se permitem todo tipo de atos bárbaros e crueis contra esses nobres animais, no que chamam sua fiesta nacional.

A Câmara de Montalegre vai receber o prémio por muitas e diversas razões das que pomos em destaque as seguintes

  • O Concelho de Montalegre, de sempre fez um grande esforço para projetar em todo tipo de atividades uma imagem da Galiza profundamente galega e por enquanto "portuguesa".

  • No Concelho de Montalegre, são inúmeras as atividades culturais e sociais que se fazem, e para as que sempre se incorpora representação da Galiza (sob Espanha), que é um facto natural e inseparável das atividades que desenvolve essa Câmara municipal.

  • O Concelho de Montalegre desenvolve atividades transfronteiriças, que são exemplares, não tanto por serem transfronteiriças, como pelo facto de iluminar tudo com a comunhão que se produz e da que se é ciente do povo à aquém e além da raia ser o mesmo povo galaicolusitano.

  • O Concelho de Montalegre está aberto a todo tipo de atividades do movimento reintegrador da Galiza, o qual conta em Portugal com um colaborador que é um ator privilégiado no âmbito das autarquias.

O Prémio Meendinho vai ser entregue em Montalegre numa data ainda não determinada; mas desde já todos os barrosões de aquém e além da raia, e os lusogalaicos estão convidados.

 

+ Mais info: