Assim foi a festa de recepçom às novas sócias e sócios da AGAL

Petiscos, bom humor, juventude, história, reptos de futuro, concurso e muito mais

Segunda, 23 Novembro 2009 09:30

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Na imagem, a equipa ganhadora do concurso Planeta NH

Maria Espantoso - Na passada sexta-feira, dia 20 de novembro, tivo lugar umha festa de boas-vindas às pessoas que nos últimos dous anos se associárom à AGAL. Nom estivérom todas e todos os que som, mas como dado salientável cumpre assinalar que acudírom sócias/os novos na associaçom, mas também novos/as de idade.

A festa foi também umha excelente oportunidade para descobrir os novos —insistimos— rostos da associaçom, além de para pôr caras, comentar os projectos de futuro da AGAL, botar sonoras risadas e, em definitiva, curtir.

 

 

Vista parcial das novas sócias e sócios na hora dos petiscos

Com uns minutos de demora por culpa de problemas técnicos de última hora, a festa começou com saborosos e variados petiscos made in Galiza: tortilha, empada, queijo, chouriço, marmelo...

Depois da refeiçom, o presidente da AGAL, Valentim R. Fagim, realizou umha breve apresentaçom do que é o reintegracionismo, da estratégia galego-portuguesa, e dos reptos e trabalhos mais imediatos da associaçom.

O presidente da AGAL fizo umha introduçom
à estratégia normalizadora galego-portuguesa

Depois foi a vez do jornalista, filólogo e escritor Joel R. Gômez, quem fizo um breve percurso pola história do reintegracionismo e polos vinte e sete anos de vida da própria AGAL.

Joel R. Gômez explicou brevemente a história do reintegracionismo
e os 27 anos de vida da associaçom

O clímax da festa-recepçom chegou depois com o concurso do Planeta NH. Cinco equipas concursárom activamente durante três jogos, cada um deles de vinte perguntas.  Cumpre assinalar que um dos jogos foi desenvolvido especificamente para a festa, e a sua temática virada para o reintegracionismo.

O concurso estivo tam renhido que depois dos três jogos duas equipas chegárom empatadas, polo que tudo se decidiu numha pergunta de desempate que deixou como ganhadora a equipa Sapo-conchos. Para os seus integrantes, exemplares de graça do livro Folhas Novas e do manual Do Ñ para o NH.

A equipa Sapoconchos, depois de três renhidos jogos e umha pergunta
para o desempate, venceu no concurso do Planeta NH...

 

... como prémio recebêrom as obras Folhas Novas e Do Ñ para o NH; na imagem,
Valentim R. Fagim assinando manuais a pedido das e dos ganhadores

Por volta das duas da manhã a festa abandonou o Centro Social 'O Pichel' e estendeu-se a outros locais da capital nacional.

Liçom

O encontro deixou umha grande liçom várias vezes repetida tanto polas sócias e sócios como pola organizaçom: é necessário repetir!

 

+ Ligações relacionadas: