Ciclo de cinema meio ambiental no Pichel

Todas as quartas-feiras do mês de Setembro às 22h00

Terça, 02 Setembro 2008 11:21

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - O documentário O Pesadelo de Darwin abrirá o ciclo de cinema meio ambiental que durante todo o mês de Setembro decorrerá no compostelano Centro Social O Pichel. Ao todo, serám quatro sessons viradas para o imperialismo ecológico; os conflitos ecológicos na Galiza, consumismo e sustentabilidade, e um olhar tradicional.

No ciclo serám exibidos até oito documentários, entre os quais, além do já referido, dois documentários sobre o conflito das Encrovas, o brasileiro A ilha das flores ou três magníficas jóias da realizadora francesa Fabienne Wateau sobre a partilha da água no norte de Portugal e sul da Galiza.

Sessom 1. Imperialismo ecológico
  • O Pesadelo de Darwin (Darwin's Nightmare, Hubert Sauper, Tanzánia, 2004, 107', vosg)
Sessom 2. Conflitos ecológicos na Galiza. As Encrovas
  • O monte é nosso (Llorenç Ferrer, Galiza, 1978, 28')
  • As Encrobas a céu aberto (Xosé Bocixa, Galiza, 2007, 65')
Sessom 3. Consumismo e sustentabilidade
  • A ilha das flores (Jorge Furtado, Brasil, 1989, 13')
  • Os espigadores e a espigadora (Les glaneurs et la glaneuse, Agnès Vardà, França, 2000, 82', vosg)
Sessom 4. Um olhar tradicional. A partilha da água na raia galego-portuguesa
  • A cana de medir a água (La canne a mesurer l'eau, Fabienne Wateau, França, 2006, 28')
  • As cunchas de Arbo (Les conques d'arbo, Fabienne Wateau, França, 2004, 7')
  • A pedra de partilhar a água (La pierre de partage de l'eau, Fabienne Wateau, França, 2004, 11')
   
Para mais informaçom podem visitar o blogue da Gentalha do Pichel: http://gentalha.agal-gz.org