Lançamento de 'Mordida', de Eugénio Outeiro, na Iha da Arouça

Neste trabalho, Outeiro reflecte sobre a comida, empregando a alimentação como metáfora e realidade do nosso Tânatos quotidiano

Quinta, 28 Fevereiro 2013 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - Sexta-feira, 1 de março, às 18h, a Sala de Plenos da Câmara Municipal da Ilha de Arouça será o cenário em que Eugénio Outeiro apresentará o poemário Mordida. O ato é organizado pola ATRAVÉS | EDITORA e a Câmara Municipal arouçana. Intervirão José Manuel Vázquez Vázquez, presidente da Câmara e próprio Eugénio Outeiro.

A comida é o espaço em que se encontram o mercado e as tripas. Eugénio Outeiro reflecte sobre esta realidade no que é o seu segundo livro de poemas, empregando a alimentação ao mesmo tempo como metáfora e realidade do nosso Tânatos quotidiano.

Nado na Ilha de Arouça (Galiza) em 1976, mas já com sete anos levado para Ponte Vedra, Eugénio Outeiro define-se como poeta, budista zen, reintegracionista e professor de português. E no entanto, ainda que essa seja a ordem da sua preferência, talvez o tempo que dedica a cada coisa esteja a pedir uma inversão completa dos termos.

No ano 2002 viu publicado o seu primeiro livro de poemas, Às Vezes Vida, da mão da associação cultural Ateneo de Pontevedra. Também participou na obra coletiva "O Trazo Aberto" editada pela Deputação de Ponte Vedra no mesmo ano, e é possível encontrar poemas seus em revistas como Ólisbos, Agália ou Sítio, em épocas e idades bem diferentes. Desde o ano 2003 mantém na rede o blogue pessoal Intra!, antes chamado Monólogos de Extramuros, em que, para além de opiniões, desenhos e traduções, começou a publicar alguns poemas da próxima obra em que está a trabalhar, com o nome provisional de Herança.

Eugénio Outeiro fala de Mordida para a Rádio Galega
[programa Diário Cultural, 21/02/2013]

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

 

 

alt