Homenagem a Roberto Vidal Bolanho no Conservatório

Com a participação de Roberto Pascual, Tero Rodríguez, Jorge Gallardo, Rodrigo Romaní, Bernardo Martínez, Orquestra do Conservatório, Uxía e Roberto Bolaño Amigo e Os Estalotes

Terça, 16 Abril 2013 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - Nesta terça-feira, 16 de abril, às 20h, o Conservatório Profissional de Santiago de Compostela, em colaboração com a Escola Superior de Arte Dramática de Galiza, homenageiam Roberto Vidal Bolanho com um concerto de música composta para as obras de teatro Rosalia e Doentes, e a interpretação teatral de uma adaptação da obra de teatro Cochos.

Roberto Pascual, da ESAD, falará sobre a obra teatral do dramaturgo galego, especialmente sobre as três obras representadas no evento. Tero Rodríguez, autora do arranjo de Cochos, e Jorge Gallardo, ator e aluno da ESAD, encarregam-se da intervenção teatral.

A boémia Oblivion de Astor Piazzolla será interpretada pelos familiares de Vidal Bolanho, Uxía e Roberto Bolaño Amigo, respetivamente ex-aluna de clarinete e aluno de trombeta do centro, que tocarão acompanhados ao piano pelo seu companheiro Pablo Fernández Marchetti.

A música de Rodrigo Romaní para a obra teatral Rosalia, que já foi gravada pela Orquestra Filharmonia de Galiza, será interpretada pela orquestra do conservatório em estreia de concerto. Esta obra é também um avanço da homenagem a Rosalia que pelos 150 anos da publicação dos Cantares Galegos o conservatório está a preparar para o mês de maio.

A obra de Bernardo Martínez composta para Doentes, obra de teatro interpretada recentemente de forma interativa pelas ruas de Compostela, será tocada pelo compostelano grupo de música popular Os Estalotes, que fecharão o ato com uma foliada em estilo clássico galego.

 

Programa do evento

Descarregar clicando na imagem [PDF]