Galiza e Portugal intercambiam teatro e público

O teatro lusófono regressa à Galiza nos 30 anos do CDG

Segunda, 07 Outubro 2013 08:10

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - «Troco x Troco» é um novo circuito de difusão teatral que visa potenciar o intercâmbio entre a Galiza e Portugal, ao tempo que se favorece a comunicação intercultural e a projeção no âmbito da Lusofonia. A prioridade é recuperar e normalizar as relações entre as cenas galega e portuguesa, de modo que o diálogo teatral traspasse o âmbito exclusivamente profissional e implique também os espetadores de ambos países. Será, aliás, um modo original de celebrar os 30 anos do Centro Dramático Galego. A Programação conta com o apoio da agência pública galega Agadic e da associação portuguesa Cena Lusófona.

O projeto iniciou a começos deste ano e, já desde a sua origem, contou com uma participação muito ativa dos oito espaços de gestão autonómica, provincial ou autárquica em que decorrerá a programação desta primeira edição de «Troco x Troco»: Palácio da Cultura de Narom (municipal) Salão Teatro de Santiago de Compostela (autonómico), Teatro Municipal Área Panorâmica de Tui (municipal) e Teatro Principal de Ourense (provincial). Pola parte portuguesa colaborarão o Theatro Circo de Braga, Teatro da Cerca de São Bernardo em Coimbra, Teatro Garcia de Resende de Évora e Teatro do Campo Alegre do Porto, todos municipais.

Os últimos espetáculos das companhias galegas Teatro do Morcego, Sarabela Teatro,Teatro do Noroeste em coprodução com o CDG e Teatro do Atlântico chegarão ao público português entre outubro e novembro nos quatro destinos já citados. Por sua parte, os teatros galegos acolherão as propostas cénicas da Escola da Noite de Coimbra, Centro Dramático de Évora (Cendrev), Companhia de Teatro de Braga (CTB) e Seiva Trupe do Porto, todas é-las companhias residentes dos espaços que conformam a parte portuguesa do circuito. Neste caso, o cinecartaz desenvolver-se-á em dois turnos e estenderá até o ano que vem, de modo que a CTB e SeivaTrupe atuarão na Galiza no último trimestre de 2013, enquanto o Cendrev e a Escola da Noite fá-lo-ão durante o primeiro semestre de 2014.

A seguir, indicamos alguns dos espetáculos que decorrerão na Galiza:

 

Teatro Principal de Santiago de Compostela

  • 25 e 26 de outubro às 21h

Gil Vicente na horta, direção de João Mota

(A partir do texto O Velho na Horta, de Gil Vicente)

 

Salão Teatro de Santiago de Compostela

  • 31 de outubro às 20h30

Sabe Deus pintar o Diabo, de Abel Neves

  • 7 de novembro, às 20h30

Adivinhe quem vem para rezar, de Dib Carneiro Neto


+ Ligações relacionadas