Bahule, Amaral e Quiroga protagonizam os «Diálogos Literários Moçambique-Brasil-Galiza»

Hoje, às 19h30, na biblioteca pública compostelana Ângelo Casal · Entrada livre até completar lotação da sala

Quinta, 17 Outubro 2013 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

De esquerda a direita, Bahule, Amaral e Quiroga

PGL - Nesta quinta-feira, dia 17 de outubro, às 19h30, terá lugar na Sala de Atos da Biblioteca Pública Ângelo Casal, em Santiago de Compostela, a mesa-redonda Diálogos Literários: Moçambique-Brasil-Galiza, com a presença dos escritores Cremildo Bahule (Moçambique), Olavo Amaral (Brasil) e Carlos Quiroga. A entrada é livre até completar lotação da sala.

Cremildo Bahule

Cremildo Bahule (Maputo, Moçambique, 1980), é ensaista, escritor e assessor editorial em Ndjira - Sociedade Editorial. Atualmente, é investigador independente e está a desenvolver uma pesquisa sobre a ideia da "mestiçagem moçambicana" partindo da construção polifónica e do relato do discurso na ficção narrativa de Paulina Chiziane e a "convergência entre bilinguismo, literatura e direitos humanos".

Olavo Amaral

Olavo Amaral nasceu em 1979 em Porto Alegre. É autor do volume de contos Estática (IEL, 2005), além de ter participado da antologia Contos de Oficina 34 e colaborado com alguns sites e jornais literários. Também atua como roteirista de cinema, colaborando com a produtora Clube Silêncio desde sua fundação, e atualmente finaliza seu primeiro curta-metragem como diretor. Mantém um blog em outro canto deste não-lugar. Nas horas vagas, é médico e pesquisador em neurociências.

Carlos Quiroga

Carlos Quiroga professor na Universidade de Santiago de Compostela. Fundou e dirigiu várias revistas, como O Mono da Tinta ou a Agália e foi Bolseiro de investigação da Gulbenkian (1991-92), do ICALP (1992-93) e da Universittà Italiana per Stranieri (1983). Doutorado com distinção e louvor, para além da atividade académica tem publicados vários livros, textos e fotografias em revistas e jornais de Portugal, Galiza, Brasil, Espanha e Alemanha, colaborando na intervenção de artistas plásticos, em antologias, livros coletivos, etc.