Limiar Teatro apresenta “Verbum Fahrenheit” em Nigrám

Sexta, 25 Outubro 2013 10:05

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - A companhia Limiar Teatro estreia neste sábado em Nigrám a obra “Verbum Fahrenheit”, uma coprodução com o museu interativo Verbum Casa das Palabras. Para a realização desta peça, o grupo teatral contou também com a colaboração do coletivo Ponte nas Ondas.

“Verbum Fahrenheit” conta a história de dois homens que, como na novela de Ray Bradbury, são condenados pelo delito de ler e convertem-se em homens livro que aprendem de cor as obras para desse modo evitar a sua desaparição. A peça representada por Limiar Teatro conta com textos de 100 autores lusófonos, como Celso Emílio Ferreiro, Rosalía de Castro, Martín Codax, Espinosa, Pessoa, Castelao ou Amália Rodrigues.

A apresentação de “Verbum Fahrenheit” em Nigrám terá lugar na Casa Colorida, o primeiro espaço criativo da Galiza associado às redes internacionais de cultura livre e alternativa Fuera del Eje – Fora do eixo. Este será apenas o primeiro passo dum longo percurso de 50 mil quilómetros que levará a obra por diferentes salas de Espanha, Portugal e Brasil.

Alguns dos primeiros passes da obra já foram reservados por centros escolares galegos que querem aproximar os estudantes de uma obra com reconhecidos valores educativos. Posteriormente, Limiar Teatro levará “Verbum Fahrenheit” a São Paulo, Belo Horizonte e Brasil para, de novo em Europa, continuar com as representações em Lisboa, Beja, Moura e Évora.