III Jornadas de Análise para o Ensino Popular

Um percurso histórico polas propostas de ensino à margem do estado

Segunda, 17 Fevereiro 2014 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Gentalha do Pichel - Por terceiro ano consecutivo, a Gentalha do Pichel organiza na cidade de Compostela as  Jornadas de Reflexom para o Ensino Popular. Essas jornadas nascêrom há três anos com o objetivo de gerar pensamento e debate em torno da iniciativa educativa Semente.

Este projeto promove as Escolas de Ensino Galego (progressista e com o galego como língua veicular efetiva), que já contam com um centro educativo em funcionamento e mais dous a dar os primeiros passos. Nos dous primeiros anos, as jornadas tivérom umha vocaçom mui prática, analisando projetos galegos, cataláns e bascos cuja experiência poderia ser útil para pôr em andamento um projeto das cartecterísticas da Semente.

Para o ano 2014, nos dias 7  e 8 de março, o objetivo será oferecer umha abordagem mais teórica de diferentes propostas de ensino  à margem das geradas polo Estado ao longo da nossa história.

Nesta ocasiom colaboram nas jornadas o MUPEGA, que cede as instalaçons para umha das palestras, e a USC, que acredita a assistência às jornadas com um diploma.

As pessoas que desejarem o diploma da USC acreditativo de assistência com reconhecimento das horas (12h) deverám formalizar a inscriçom antes do dia 3 de março (inclusive) e fazer o pagamento de 15€. As 40 vagas disponíveis serám ocupadas por ordem de inscriçom. Haverá controlo de assistência. Para o resto, a assistência é LIVRE até ocupar os lugares.


Programa completo
III Jornadas de Análise para o Ensino Popular Um percurso histórico polas propostas de ensino à margem do Estado. Compostela, 7 e 8 de março de 2014
SEXTA, 7 de março
18h00: Entrega de documentaçom.
18h30-20h00: De Luís Velho a Antón Alonso Rios: viagem polas escolas de emigrantes na Galiza, Xosé Manuel Malheiro
20h00: Pausa
20h30-22h00: Um projeto experimental na Galiza dos 50: A Escola de Barreiros, Antón Costa Rico

SÁBADO, 8 de março
10h00-10h30: recepçom e visita livre ao MUPEGA
10h30-11h3: visita guiada ao MUPEGA
11h30: Pausa
12h00-13h30: As Escolas de Ferrado na Galiza, Narciso de Gabriel (no MUPEGA)
17h00-18h30: As Escolas de Ensino Galego das Irmandades da Fala (1926-1931), Elvira Varela (em entrevista gravada) Sabela Rivas Barrós
18h30: Pausa
19h00-20h30: As Escolas Racionalistas na Galiza antes de 1936, Eliseo Fernández
20h30-22h00: Semente: o projeto de ensino popular do século XXI, Marta Santos Diana Giráldez

 

+ Mais info:

 

+ Ligaçons relacionadas: