1º de Abril: A Junta poderia anunciar em breve a suspensom do Decretaço

Retiraria-se o texto actual e constituiria-se umha mesa negociadora plural

Quinta, 01 Abril 2010 06:46

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - Informaçons a que tivo acesso este portal apontam a que nos vindouros dias a Junta da Galiza poderia anunciar a suspensom do Decreto do Plurilingüismo, mais conhecido com Decretaço, e pactuar um texto unitário num verdadeiro processo negociador.

As fontes consultadas assinalam o mal-estar do mesmíssimo Núñez Feijóo com a situaçom que se véu criando, especialmente um dos últimos episódios, a saída dos sindicatos da mesa sectorial do Ensino, que deixou muito danificada a imagem pública do Governo galego.

Precisamente, o presidente da Junta vem-se esforçando muito nos últimos tempos por ter umhas relaçons o mais cordiais possíveis com os sindicatos para os diferentes frentes que tem abertos, em especial o processo de diálogo social (em que participam apenas os sindicatos espanhóis CCOO e UGT) e o projecto de fusom das caixas galegas (apoiado pola organizaçom nacionalista CIG além dos referidos CCOO e UGT).

Desta maneira, e apesar de que havia vozes autorizadas que exigiam um endurecimento do Decretaço mais lesivo ainda para a normalizaçom da língua galega (chegando mesmo a reclamar que só se ministrassem matérias em galego por expressa petiçom de pais e maes e com o informe favorável da Inspecçom Educativa), parece já iminente a retirada do texto actual e a próxima convocatória de umha autêntica mesa negociadora com participaçom «dos agentes sociais e institucionais mais representativos», insistem as fontes consultadas.

 

NOTA: 'O primeiro de Abril vam os burros onde nom têm que ir''. Esta notícia foi o nosso modesto contributo para o Dia da Mentira de 2010, festejo tradicional galego  (e comum a outros países lusófonos) em cuja recuperaçom o PGL leva vários anos envolvido.

 

+ Anteriores notícias do Dia da Mentira no PGL:


Esta notícia é mentira, é o nosso contributo ao 1 de abril

«O primeiro de Abril vam os burros onde nom têm que ir»