Carlos Núñez torna a insistir nas relações lusófonas e atlânticas da Galiza

O músico apresenta o filme 'Brasil somos nós' no Festival Internacional Play-Doc de Tui

Sexta, 25 Março 2011 19:09

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Carlos Núñez | Foto: Keltia produccións

PGL - Segundo afirma Carlos Núñez "há um outro Brasil que a gente não conhece. Brasil é também Galiza, há muito da antiga Gallaecia no Brasil, da que levaram alá os portugueses do Norte, que eram os galegos do sul". Isso foi o que o músico percebeu num percurso de vários anos realizado polo país americano. O resultado da viagem, para além do documentário 'Brasil somos nós', foi o seu último disco 'Alborada do Brasil'.

O objetivo confesso do filme e continuar a difundir essa cultura galaico-brasileira e nele participam personalidades como Carlinhos Brown, Lenine ou Caetano Veloso. O documentário irá ser apresentado o vindouro 30 de março no Festival Internacional Play-Doc de Tui.

Na opinião do músico a difusão desse "imaginário galaico-brasileiro" pode "levar anos". Porém, ainda que o número de brasileiros que conhecem hoje essa conexão cultural com a Galiza é ainda “mui pequeno”, mostra-se otimista, tal como acontecera anteriormente com a conexão cultural atlântica da Galiza.

 

+ Mais info: