Galiza nas eleições do Timor-Leste

A eurodeputada nacionalista Ana Miranda participou como observadora do Parlamento Europeu no processo eleitoral

Segunda, 09 Julho 2012 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

A europarlamentar Ana Miranda

PGL - O Parlamento Europeu enviou uma missão observadora do processo eleitoral que decorreu no Timor-Leste a 7 de julho. As autoridades europeias responderam deste modo o convite do Governo da República Democrática da antiga colónia portuguesa. A delegação incluiu uma galega, a europarlamentar Ana Miranda, do BNG.

A missão europeia esteve integrada por sete deputados dos grupos políticos da Eurocâmara e trabalhou em coordenação com especialistas em seguimentos de processos eleitorais e com outras delegações internacionais com o objetivo de contribuir a garantir a limpeza dos comícios. Na sua agenda de trabalho destacaram as reuniões com o presidente de Timor Leste e com José Ramos Horta, ex-presidente do país, líder da resistência timorense contra a ocupação de Indonésia e prémio Nobel da Paz em 1996.

Como indicado, na missão participou a eurodeputada nacionalista Ana Miranda como representante do grupo Verdes / Aliança Livre Europeia de que o BNG forma parte. O grupo, o quarto mais numeroso da Câmara europeia, formou-se em 1999, quando as duas forças progressistas decidiram unir as suas forças no Parlamento Europeu. Na atualidade conta com 58 membros de 15 países e nele estão integrados representantes nacionalistas galegos, catalães, escoceses, flamengos e galeses.