Faleceu Avelino Pousa Antelo, derradeiro representante de umha geraçom de galeguistas

A capela ardente do galeguista estará instalada desde amanhã, terça-feira, às 12 horas, no auditório municipal da Ramalhosa, no concelho de Teu, em que residia

Segunda, 20 Agosto 2012 09:22

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - Esta madrugada faleceu o galeguista Avelino Pousa Antelo, presidente da Fundaçom Castelao. Tinha 98 anos e durante a sua trajetória trabalhou em todos os ámbitos em que tivo inquietações: o magistério, a agricultura e a política. Foi autor também de vários ensaios a respeito, bem como colaborador em obras coletivas.

A colaboradora do PGL Adela Figueroa considerava-o derradeiro representante de umha geraçom que no momento do alçamento fascista ainda era muito jovem, mas logrou sobreviver e dar à Galiza cultura, empregos, riqueza e inovaçom. Membros dessa geraçom fôrom Xaime Isla Couto (dos Isla), os irmãos Alvarez Blazquez, Francisco Fernández del Riego, Álvaro Gil Varela, Antom Figueroa, Ernesto Guerra da Cal, Ricardo Carvalho Calero, Isaac Díaz Pardo, Seoane, Celso Emílio Ferreiro, Ramon Pinheiro, Beiras, Xosé Luís Fontenla Méndez, Bibiano Ossório F. Tafall, Isidro Parga Pondal ou Valentim Paz-Andrade.

O professor José Paz, também para o PGL, situava-o entre os galegos dignos com que ainda contava o nosso país, e salientava o seu «estupendo labor» na quinta pedagógica de Barreiros e a promoçom da obra e pensamento de Castelao, que lhe merica o «aplauso mais sincero». Ainda, agradeceu-lhe permitir a participaçom de pessoas reintegracionistas em 1986 no Congresso Castelao, organizado com motivo do centenário do nascimento do rianjeiro. Estes relatórios fôrom publicados nas atas oficiais do Congresso respeitando a norma ortográfica em que foram redigidas.

Capela ardente

A capela ardente do galeguista estará instalada desde amanhã, terça-feira, às 12 horas, no auditório municipal da Ramalhosa, no concelho de Teu, em que residia.