Prémio MIL Personalidade Lusófona 2013 para o galego Ângelo Cristóvão

Prémio será entregue no dia 16 de Abril de 2014, na Sociedade de Geografia de Lisboa, no âmbito do II Congresso da Cidadania Lusófona

Quarta, 30 Outubro 2013 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - Depois de já ter premiado Lauro Moreira, Ximenes Belo, Adriano Moreira e, mais recentemente, Domingos Simões Pereira, ex-secretário-executivo da CPLP, o Movimento Internacional Lusófono (MIL) outourgou o pŕemio de Personalidade Lusófona 2013 o galego Ângelo Cristóvão, "em reconhecimento de todo o seu incansável trabalho em prol do reforço dos laços entre a Galiza e a Lusofonia".

Para o MIL, a Galiza faz parte, "por direito próprio", da Comunidade Lusófona e ao seu ver "deveria ser igualmente reconhecida por todos os Estados da CPLP, a começar pelo Estado Português, independentemente do seu estatuto político no Estado Espanhol", que não põem em causa.

O prémio será entregue no dia 16 de Abril de 2014, na Sociedade de Geografia de Lisboa, no âmbito do II Congresso da Cidadania Lusófona.

 

Ângelo Cristóvão - Biografia

Foi sócio fundador e primeiro presidente da Associação Cultural Promotora da Academia Galega (AGLP), criada em Santiago de Compostela a 1 de dezembro de 2007, que veio a constituir, a 20 de setembro de 2008, em Santiago de Compostela, a Academia Galega da Língua Portuguesa, que assumiu a forma jurídica de Fundação, reconhecida pelo Ministério da Cultura da Espanha em 2011. Enquanto Membro da Comissão de Relações Internacionais da AGLP, negociou a candidatura da Academia para  “observador consultivo” da CPLP: Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

Além disso, no seu currículum figura ser membro da Associaçom Galega da Língua (AGAL) desde 1983 e da Associação de Amizade Galiza-Portugal (AAG-P), da qual foi secretário. Desde 2003 faz parte da organização dos Colóquios Anuais da Lusofonia, tendo publicado diversos artigos, comunicações e investigações em revistas especializadas e de divulgação, além de ser organizador e coordenador de encontros e seminários de políticas linguísticas e lexicologia.