Novo PGL apresenta-se publicamente

Sexta-feira, às 12h00 na Biblioteca Ánxel Casal em Compostela

Quinta, 25 Setembro 2008 06:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

PGL - Após uma semana já em andamento o novo PGL será dado a conhecer publicamente numha conferência de imprensa marcada para as 12h00 desta sexta-feira, 26 de Setembro, na Biblioteca Ánxel Casal em Compostela.

No acto estarám presentes representantes da associaçom promotora do portal, a AGAL, entre os quais o seu presidente Alexandre Banhos; bem como de Galínus, empresa da Comarca de Fisterra especializada em comunicaçom e marketing online que assessorou este novo projecto.

Endreço próprio: pglingua.org

O novo PGL estreia endereço próprio http://www.pglingua.org, novo desenho e estrutura renovada, mais moderna, simples e fácil de navegar, com as notícias em destaque ordenadas por releváncia na capa e por secçons específicas no histórico.

Em destaque a secçom de Opiniom, que ganha um espaço próprio e alarga os seus conteúdos além da questom linguística; a comunidade dos Blogues agal-gz e a dos Foros PGL, potenciadas agora para um maior conhecimento e debate.

Ainda, surge o Canal Aberto, espaço dirigido especialmente a acolher contributos ocasionais ou de outras temáticas. Por seu lado, a AGAL conserva um espaço para as suas próprias notícias, embora o resto das suas informaçons sairám a lume de aqui a pouco na sua própria web corporativa, hoje em construçom.

Nove anos de trabalhos na rede

O PGL é herdeiro directo dos primeiros trabalhos na rede iniciados em 1999 pola AGAL, com a página web lançada da mao do professor José Henrique Peres Rodrigues; em Setembro de 2001 nasceu um novo site corporativo, impulsionado polo novo Conselho presidido por Bernardo Penabade. Esse novo site começou a incorporar notícias e, aos poucos meses resultou no projecto actual, lançado em Maio 2002, cujo nome é devido a Miguel R. Penas.

Entre 2002 e 2008 fôrom inúmeras as colaboraçons recebidas, e as quase cem mil visitas mensais confirmam o seguimento e impacto do projecto. O velho PGL continuará activo por enquanto, nele podem ser visitadas os mais de 4.500 artigos publicados durante os seus seis anos de vida, entre os quais 500 peças de opiniom, além de muitas outras secçons, algumha das quais serám recuperadas e modernizadas num futuro em sites específicos que virám a alargar esta comunidade.