Grande contestaçom na internet polo 'fim' do Aberto por Reformas

O programa que dirigia Xurxo Souto conserva o mesmo nome, mas já nom se centra na música galega

Quinta, 04 Junho 2009 11:24

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Protestos na internet polo novo rumo do Aberto por Reformas

PGL - A passada segunda-feira, dia 1 de Junho, foi a derradeira emissom do programa radiofónico Aberto por Reformas com quem foi o seu apresentador os últimos três anos, Xurxo Souto. A decisom da nova direcçom da Rádio Galega de manter no ar o espaço com o mesmo nome, mas com diferente filosofia de trabalho, provocou todo tipo de reacções, especialmente na internet.

Embora nom seja estritamente o 'fim' do programa, o certo é que a sua audência nom se reconhece no novo formato.

O novo locutor do programa, Xusto López Carril, iniciou a emissom de 2 de Junho com umha contundente declaraçom de intenções: «Este é um programa musical, de trasiçom entre o magazine e a informaçom, mas é um programa com selo próprio. Acontece que a música é subjectiva, e a nossa aproximaçom à música é subjectiva, portanto cada quem, particularmente, escolhe a sua selecçom natural, que probavelmente vós ou vocês nom partilhem, em absoluto, quiçá un pouco, quiçá algo mais ou algo menos». A seguir, no programa especializado em divulgaçom da nova música galega, soou Bruce Springsteen.

A seguir reproduzimos alguns fragmentos de reacções que podemos ler na internet:

 

Ghaiteiro!

[...]

Mención especial merece Aberto por reformas. Por primeira vez en moitos anos toda a creatividade que agroma a reo neste pais dos quincemil ghaiteiros e ghaiteiras  tivo un  poderoso altofalante  Puidemos descubir que Xurxo tinha razón e ficar abraiados con todo o talento que hai  en todos os currunchos deste esquina  do fin do mundo que se chama Galiza.  Abofe que foi umha cousa bonita que mete medo! E onte partiu para sempre...

[...]

 

Pechado por reformas

Haberá música galega e grupos de canten en galego , que ninguén o dubide, só que non soarán na radio pública diste país, ou polo menos no cassette da disco-tasca que rexentaba Xurxo Souto. As últimas emisións do Aberto por Reformas alentaban case de xeito desesperado e coma autoinmolación orgullosa a ise lampión sonoro que dende as ondas se foi criando cada tarde durante istes case catro anos, execesivo? Posiblemente, Necesario? Pois tamén. A realidade é moi cruda e palpexante na radio e na tv galega que recunca á súa esencia primaria de doma e castración.  [...]

 

Fechado por censura

[...] não queria finalizar esta lembrança sem salientar que Xurxo Manuel Souto Eiroa, além de subdirector de programas da radio pública do país nos últimos tres anos e meio, foi também peça-chave na gestação do sucedido (e impresindível) concurso A polo Ghit, que em parceria com Vieiros botou os últimos três anos a procurar uma canção galega do Verão, uma ‘escusa’ que realmente serviu de promoção de muitos pequenos e novos grupos, complementando o labor do Aberto por Reformas. [...]

 

Fechado por reformas

O programa Aberto por reformas que bem apresentou Xurxo Souto durante os últimos anos, dando oportunidade á música galega de todos os estilos, finou no dia de onte.
Entendo que retirem ao senhor Souto como direitor de programaçom da RG, mas retirar-lhe o programa e ponher o que pugerom nom têm outro nome mais que o de Censura.
E quando antes o programa se adicava á expansom interplanetária da música pangalaica, agora... Julguem vostedes [...]

 

 


 

 

 + Ligações relacionadas: