Apresentaçom do livro 'De fala a língua: un proceso inacabado'

O acto de apresentaçom das obras terá lugar o dia 7 de agosto, a partir das 20 horas

Sexta, 07 Agosto 2009 00:00

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Na imagem, a professora Maria do Pilar Garcia Negro

PGL - A feira do livro da Corunha acolhe a apresentaçom da última obra da professora Maria do Pilar Garcia Negro, De fala a lingua: un proceso inacabado e da obra colectiva Sobre o racismo lingüístico, lançadas ao prelo por Laiovento.

Os Jardins de Mendes Nunes, centro literário e cultural da cidade da Corunha até o dia 10 de agosto, acolhem a apresentaçom de 26 primícias mundiais de 60 autores.

Entre as obras que serám apresentadas incluem-se as já mencionadas da professora Garcia Negro: De fala a lingua: un proceso inacabado e Sobre o racismo linguístico, obra colectiva na que a professora é coordinadora e autora junto com Celia María Armas García, Manuel F. Ferreiro, Xosé R. Freixeiro Mato, Xosé M. Sánchez Rei, Francisco Rodríguez e Luís Villares Naveira.

De fala a lingua: un proceso inacabado é um volume em que se recolhem artigos, estudos e trabalhos elaborados pola professora durante a última década, seguidos dum apêndice com interessantes documentos, que actuam como ferramenta útil para se aproximar à situaçom sociolingüística do nosso idioma na Galiza da primeira década do século XXI.

No Portal Galego da Língua tivemos ocasiom de falar com a doutora Garcia Negro a respeito da obra colectiva Sobre o racismo linguístico. A professora afirmava que o conceito que dá título ao livro é «um fenómeno de longa trajectória na Galiza, amparado historicamente polo Estado espanhol e hoje reforçado por colectivos golpistas, bífidos, que procuram somente a erradicaçom total da nossa língua» e apontava que «de consentirmos a míngua dos nosso direitos, estamos evitando que o nosso País tenha um futuro digno».

 

+ Ligaçons relacionadas: