Carlos Taibo inaugura a colecçom ATRAVÉS | DAS IDEIAS com um livro sobre Fernando Pessoa

Sexta, 11 Junho 2010 11:40

Atençom, abrirá numha nova janela. PDFVersom para impressomEnviar por E-mail
Engadir a del.icio.us Compartilhar no Twitter Compartilhar no Chuza Compartilhar no Facebook Compartilhar no DoMelhor

Taibo abandona nesta livro a geopolítica, ámbito em que é um prestigiado analista

PGL - O politólogo Carlos Taibo Árias inaugura a colecçom ATRAVÉS | DAS IDEIAS com a obra Parecia não pisar o chão. Treze ensaios sobre as vidas de Fernando Pessoa, publicado com a ATRAVÉS | EDITORA.

O autor do ensaio e a personagem sobre a qual gira este som bem conhecidos, embora a mais de umha pessoa venha a surpreender que Carlos Taibo, professor titular de Ciência Política e da Administraçom na Universidad Autónoma de Madrid, com umha ampla produçom sobre geo-política e as transiçons na Europa do Leste e Oriental, nos ofereça umha obra divulgadora sobre a figura literária portuguesa mais destacada do século XX.

No entanto, só alguém como Carlos Taibo poderia lançar um olhar assim profícuo, partindo de um distante «convite insólito» —que em breve ele próprio explica— para admirar-nos polo que de verdade importa: o modo de debruçar-se e os resultados. Neste ensaio, o professor Taibo nom procurou o alvo político, fugiu ademais da já nutrida crítica literária: tentou apenas aproximar-se do Fernando António Nogueira Pessoa humano, mas escolheu cuidadosamente determinados enquadramentos para dar-nos um retrato do artista numha intimidade selecta.

Em palavras de Carlos Quiroga, professor de Literatura Portuguesa na Universidade de Santiago de Compostela, «o autor de toda umha literatura tinha que gerar umha ingente quantidade de escritos exegéticos». Neste sentido, «é provável que Fernando Pessoa tenha sido o escritor com maior poder de convocatória crítica, e nom só, em todas as línguas e a nível planetário durante o último quartel do século XX».

O autor

O galego Carlos Taibo Árias, nascido por circunstáncias da vida em Madrid no ano 1956, é actualmente professor titular de Ciência Política e da Administraçom na Universidad Autónoma de Madrid. Especialista em temas de geo-política, é voz autorizada em todos os temas relativos às transiçons políticas na Europa do leste e à actualidade política e geo-estratégica da regiom. Sobre isto, é autor de perto de vinte obras tam díspares como A Uniom Soviética de Gorbachov (1989), A desintegraçom da Jugoslávia (2000), Guerra em Kosova (2001) ou Rússia na era de Pútine (2006), entre outros.

A editora

ATRAVÉS | EDITORA, constituída formalmente neste ano 2010, é herdeira do anterior selo editorial da Associaçom Galega da Língua, a AGAL-Editora. Nas próximas semanas o seu catálogo ampliará-se com Animais!, o primeiro álbume ilustrado de Séchu Sende, e Noente paradise. Poemas e canções, o primeiro poemário de Ugia Pedreira, ambos na colecçom ATRAVÉS | DAS LETRAS. Recentemente inaugurou a colecçom ATRAVÉS | DA LÍNGUA com Por um galego extenso e útil, coletánea da Comissom Lingüística da AGAL, e em breve apresentará a colecçom ATRAVÉS | DE NÓS mercê à primeira adaptaçom do Sempre em Galiza de Castelao à grafia internacional portuguesa.

Esta editora tem como objectivo geral «tornar a área editorial da AGAL numha editora de ámbito galego-português», encetando assim umha actividade «que demonstre que a via reintegracionista é a mais válida e útil para marcar um padrom galego actual», pois além de ser «coerente» do ponto de vista filológico e histórico, «permite explorar o caminho de operar num mercado editorial maior e internacional».


+ Ligaçons relacionadas: